Novidades

APOIO NUTRICIONAL NO TRATAMENTO DA INFERTILIDADE

05/10/2012

Teste

O número de mulheres que necessita de uma tecnologia reprodutiva assistida está cada vez maior. O estilo de vida e os fatores ambientais não só afetam a saúde em geral, mas também os resultados na fertilidade.

Como um reflexo das mudanças no comportamento dietético do mundo atual, a prevalência de dietas não saudáveis tem aumentado em homens e mulheres na faixa etária reprodutiva. Tais dietas, caracterizadas por baixa ingestão de frutas e vegetais e alta ingestão de gorduras saturadas, aumentam o risco de desenvolvimento da obesidade e suas comorbidades, além de possibilitar o aparecimento de deficiências nutricionais. A mudança do padrão dietético pode melhorar a fertilidade. Achados revelam que a dieta mediterrânea, que contém grandes quantidades de vegetais, óleos vegetais, peixes e leguminosas e baixo teor de alimentos com perfil inflamatório, está positivamente correlacionada com altas concentrações de folato eritrocitário, vitamina B6 sérica e no fluido folicular, levando a um aumento de 40% na probabilidade de gravidez.

O estado nutricional também afeta os parâmetros de fertilidade. Sobrepeso e obesidade têm sido associados ao aumento da incidência de anovulação, menor qualidade de oócitos, redução do número de gestações assim como aumento no número de abortos. Uma redução na qualidade e quantidade de espermas assim como um aumento na disfunção erétil também tem sido encontrada em homens obesos. 

A Síndrome dos Ovários Policísticos (SOP), uma das grandes causas de anovulação, aparece mais frequentemente em mulheres obesas. Além disso, a indução farmacológica da ovulação nessas mulheres é mais difícil, já que a dose do clomifeno está positivamente relacionada ao peso e ao índice de massa corpórea (IMC). A nutrição pode ainda tratar a disbiose e resistência à insulina, achados frequentes nessas pacientes e que afetam a produção hormonal. 

Várias hipóteses indicam que o estresse oxidativo pode influenciar o tempo e a manutenção de uma gravidez viável. Estudos que relacionam estresse oxidativo e qualidade de oócitos em mulheres submetidas à fertilização in vitro e transferência de embriões mostram uma maior concentração de 8-OHdG no fluido folicular com alta taxa de oócitos degenerados. Quando utilizado alfa-tocoferol, um potente antioxidante, houve redução significativa da quantidade de 8-OHdG no fluido folicular. Em outro estudo, a capacidade antioxidante total foi significativamente maior no fluido folicular de oócitos que tiveram sucesso na fertilização, sugerindo que a alta capacidade antioxidante total aumentou o potencial de fertilização.

Em relação à infertilidade masculina, uma das hipóteses estudadas se relaciona ao estresse oxidativo gerado por contaminações ambientais. As principais recomendações residem na utilização de antioxidantes e substâncias que atuam sobre a cadeia respiratória mitocondrial, visando diminuir os danos celulares e ao DNA e melhorar o metabolismo energético. Nutrientes como selênio, zinco, vitamina E, coenzima Q10, N-acetil-cisteína e L-carnitina têm mostrado bons resultados no tratamento de homens com alteração na motilidade, morfologia e concentração de espermatozóides. Outros nutrientes também têm ação. O óleo de peixe, rico em ácidos graxos ômega 3, melhora a fluidez da membrana celular, facilitando a entrada do espermatozóide, dentre outras funções.

Dessa forma, é evidente a importância da alimentação balanceada para uma gravidez de sucesso. Uma dieta pré-gestacional deve ser recomendada como coadjuvante no tratamento de infertilidade, com o objetivo de otimizar tal tratamento e aumentar as taxas de sucesso. Um serviço de nutrição qualificado pode ajudar em vários aspectos: na perda de peso, no reequilibrio de nutrientes deficientes ou em excesso, na desintoxicação e desinflamação que podem comprometer a fertilidade, na melhoria da capacidade total antioxidante, entre outros. Além de ajudar na fertilização, a alimentação equilibrada ainda auxilia a mulher durante a gestação, de forma a garantir uma gestação saudável e assegurar o desenvolvimento fetal.

Próximo Curso

Nenhum curso agendado no momento.

Facebook Linked    Rua Alvarenga Peixoto, 1408, sala 1206. Bairro Santo Agostinho. Belo Horizonte/MG. CEP 30180-121 - Fone: (31) 41412427 (31) 94419000

© Copyright - 2017 - Única

Agência Treis